Encerra nesta segunda-feira (26/04) o envio de sugestões de artistas para elaboração dos novos editais da Lei Aldir Blanc

Iniciativa do Governo de Goiás tem como objetivo ampliar o alcance do benefício ao maior número de artistas e trabalhadores da Cultura
 

O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (Secult Goiás), disponibiliza até as 23h desta segunda-feira (26/04) canal exclusivo para receber sugestões da classe artística quanto à elaboração de novos editais da Lei Aldir Blanc. No formulário disponível no site www.cultura.go.gov.br, artistas e trabalhadores do setor cultural de todo o Estado poderão enviar suas percepções sobre a melhor forma de ampliar à abrangência dos certames e de desburocratizar o processo da inscrição à seleção.  

A iniciativa da pasta se deve à aprovação do Projeto de Lei nº 795/2021, pela Câmara dos Deputados, na última quarta-feira (21). A matéria, de autoria do Senado, aguarda apenas sanção presidencial para a efetiva prorrogação dos prazos de utilização de R$ 3 bilhões repassados a todo o País para apoio ao setor cultural durante a pandemia de Covid-19. 

Em Goiás, os R$ 50 milhões possibilitarão a pulverização do benefício por meio de 21 editais já pré-elaborados, para os quais a equipe receberá as sugestões da classe. De acordo com o secretário interino de Cultura, César Moura, ouvir os principais envolvidos no processo é de fundamental importância. “Uma prioridade que nós temos nesta nova remessa de editais da Aldir Blanc é a desburocratização. Claro, a própria lei exige algumas etapas, mas no que depender da nossa equipe, todo artista que estiver apto será beneficiado”, afirma César Moura. 

Por meio da Lei Aldir Blanc, em 2020, a Secult Goiás já lançou três editais que beneficiaram mais de 1.530 projetos em todo o Estado. A maioria deles já está em execução e abrange diversas áreas como música, audiovisual, culinária, artes plásticas e literatura, dentre outros.

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.