Biblioteca Estadual Pio Vargas

Um dos espaços mais frequentados da Secretaria de Estado de Cultura (Secult Goiás) é a Biblioteca Estadual Pio Vargas, situada na Praça Cívica. A unidade foi criada pela Lei n.º 6623, de 28 de junho de 1967. Durante o período de 1976 a outubro de 1985, ficou instalada na Av. Goiás, nº 346, 1º e 2º andares. De outubro de 1985 a 1989, funcionou na sobreloja do Edifício Parthenon Center, numa área de 1700 m2. Foi instalada definitivamente, onde funciona atualmente, no Centro Cultural Marietta Telles.

O acervo inicial da Biblioteca foi formado por obras da extinta Biblioteca Pública, órgão do Departamento Estadual de Cultura. O acervo era constituído de 2.800 livros.

A partir de 22 de abril de 1991, a Biblioteca Pública passou a ser conhecida por Biblioteca Estadual Escritor Pio Vargas.

Nas 82 estantes do salão estão distribuídos cerca de 70 mil títulos entre eles, 160 mapas, 28 atlas, revistas e jornais que compõem a seção especial. No acervo podem ser encontrados revistas, jornais diversos, coleções especiais e dicionários, entre outros.

Importância Sociocultural

A biblioteca funciona como centro de informação e cultura. Oferece seu acervo e serviços bibliográficos, contribuindo assim para a formação do hábito de leitura na comunidade. O usuário tem acesso a todo o acervo disponível, mas o empréstimo está restrito às áreas de literatura, filosofia, política, sociologia, psicologia, religião, biografia e música.

Para se beneficiar desses serviços, o usuário deve levar à seção de empréstimo comprovante de endereço e identidade para fazer o cadastro, o que dá direito de retirar três livros de cada vez. O leitor tem sete dias para devolver o livro, sob pena de pagar multa.

Endereço: Centro Cultural Marietta Telles Machado , Praça Cívica (Praça Pedro Ludovico Teixeira) nº 2 – Centro

Telefone: 3201-4653 

Responsável: Gerência de Museus, Centros Culturais e Galerias

Horário: segunda à sexta 8:00 às 17:00

E-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Redes: @bibliopiovargas

 

 

 

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.