Governo de Goiás ouve demandas de representantes do setor cultural

Semanalmente, artistas e trabalhadores culturais têm agendado reuniões com secretário interino de Cultura, César Moura. Objetivo é fortalecer diálogo com setor e aprofundar questões relativas à classe

O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (Secult), se reuniu, na manhã desta quarta-feira (17/02), com mais um grupo de representantes culturais, para ouvir suas demandas e discutir possibilidades de parceria. Na ocasião, também foram apresentados esclarecimentos sobre os trabalhos da Pasta. 

O encontro ocorreu no gabinete do secretário da Retomada, César Moura, que está como interino da Secult, e recebe, semanalmente, artistas e trabalhadores da cultura, para fortalecer o diálogo com o setor e aprofundar questões relativas à classe.  

Kátia Barreto (produtora cultural), Cláudio Melo (do Studio K), Nila Branco (cantora) e Margarethe Custódio (da Atan Turismo e Eventos) falaram de questões como a reabertura dos espaços de eventos artísticos estaduais, a execução da Lei Aldir Blanc no Estado, o fomento cultural e os festivais culturais. 

 

Reabertura dos espaços de eventos 

Sobre a reabertura dos espaços de exposições e das casas de espetáculos do Estado, César Moura adiantou que um pedido formal já está em andamento, por meio de ofício enviado, via Secult, para o Centro de Operações de Emergências (COE) estadual. 

“O objetivo é limitar o público a, no máximo, 150 pessoas por evento, seguindo as orientações de prevenção à Covid-19”, explica o secretário. Sobre as galerias, como as do Centro Cultural Octo Marques e da Vila Cultural Cora Coralina, a intenção é reabrir após equipá-las para atender às medidas de segurança contra o novo coronavírus, sem a necessidade de público máximo, uma vez que a demanda, geralmente, não causa aglomeração. 

 

Lei Aldir Blanc

César Moura informou que os pagamentos dos editais foi encaminhado à instituição financeira que, em dias úteis, tem feito os repasses ao proponentes. Casos pontuais de falha no recebimento do e-mail com a documentação estão sendo resolvidos diretamente com os artistas. 

O governador Ronaldo Caiado e o secretário César Moura articulam junto ao Governo Federal para prorrogar os prazos de execução da Lei Aldir Blanc no Estado. O objetivo, além de ampliar os prazos para os proponentes, é reabrir as inscrições para aqueles que não tiveram seus projetos aprovados nos editais, seja por estar abaixo da nota de corte (60 pontos) ou por problemas com a documentação exigida no edital. 

 

Leis de Fomento à Cultura

O secretário interino de Cultura esclareceu que a Lei Goyazes, tão mencionada pela classe, perdeu efetividade no final de 2018, após decisão conjunta dos estados membros do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz). Segundo César Moura, em breve uma nova lei de fomento cultural será implementada em Goiás.

 

Festivais 

De acordo com César Moura, quando a pandemia de Covid-19 passar, os festivais culturais de Goiás não só serão retomados presencialmente, como deverão ser ampliados. A Secult estuda a melhor forma de ampliar o alcance deles a outras localidades. 

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.