Governo de Goiás esclarece dúvidas sobre o novo edital do Fundo de Arte e Cultura

Principais pontos sobre o certame que irá destinar R$ 2 milhões para apoiar espaços culturais, eventos e festivais podem ser obtidos no portal da cultura e também em lives semanais, realizadas sempre às sextas-feiras

O governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (Secult Goiás), está orientando e tirando dúvidas dos proponentes sobre o novo edital de Seleção de Projetos de Dinamização de Espaços de Cultura, do Fundo de Arte e Cultura (FAC), que  irá distribuir recursos no valor de R$ 2 milhões para o setor cultural.

A iniciativa visa facilitar os trâmites e esclarecer os principais pontos do edital para que os artistas possam se inscrever e participar da seleção sem prejuízo ao benefício. Para isso, estão disponíveis no portal da cultura (www.cultura.go.gov.br), questões relativas a festivais e espaços culturais aptos ao pleito, contratações, pagamentos entre outras demandas.

Também estão sendo realizadas lives no decorrer deste mês de abril e maio, com uma equipe de gestores da Cultura, direcionada a informar todos os interessados sobre o processo seletivo em curso.  As lives tiveram início no dia 16 de abril, sempre às sextas-feiras, às 9h, e seguindo até o dia 21 de maio, nas seguintes datas: 23 e 30/ 04, e dias 07, 14 e 21/05.

Para participar das reuniões no Google Meet, clique neste link: https://meet.google.com/ywi-mvja-rnu, ou abra o Meet e digite este código: ywi-mvja-rnu. A Secult sugere que os participantes só façam a inscrição após sanar todas as dúvidas e confirmar as adequações de seu projeto ao Edital. Cada proponente poderá participar das reuniões em todas as datas, caso necessário.

Fomento

Lançado no dia 9 deste mês, o novo edital do FAC irá contemplar locais privados ou municipais que promovam atividades culturais, eventos e festivais de arte, bem como a geração de renda aos trabalhadores da cultura. A ação é mais um suporte do governo para o segmento cultural no enfrentamento à pandemia de Covid-19.

A Secult está empenhada em descentralizar os recursos do FAC, reservando 50% para o interior de Goiás. É preocupação do secretário César Moura e do governador Ronaldo Caiado que os artistas do interior do Estado sejam também contemplados e os espaços culturais sejam revitalizados nesse momento difícil de crise.

As inscrições ao certame estão abertas e podem ser feitas pela plataforma digital Mapa Goiano (https://mapagoiano.cultura.go.gov. br), até dia 7 de junho. Para participar do edital é preciso que o candidato esteja cadastrado no Mapa Goiano.

A Secretaria de Cultura reforça que antes da efetivação da inscrição, é necessário que o candidato estude o edital e monte o projeto primeiro, para que, a partir daí, ele possa ser inserido na plataforma. Para isso, haverá um prazo de mais de 50 dias, para que todos os interessados antecipem sua participação ao certame, sem prejuízo do período legal.

Demais informações podem ser obtidas pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

 

 

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.