Secult cria grupo de trabalho para mapeamento de agentes e profissionais da cultura goiana

A comissão será composta por uma equipe da Secult, Conselho Estadual de Cultura e membros da sociedade civil a serem indicados por entidades culturais representativas

O governo de Goiás, por meio da Secretaria de Cultura (Secult Goiás), está criando um Grupo de Trabalho (GT), que fará um mapeamento de agentes e profissionais da cultura goiana.

A comissão será composta por uma equipe da Secult, Conselho Estadual de Cultura e membros da sociedade civil a serem indicados por entidades culturais representativas. Esse grupo de trabalho será responsável por ajudar a Secult a construir o formulário de mapeamento do Estado, definindo metodologia, critérios, perguntas, profissões, necessidades e o que o Estado precisa estruturar.

A Secult também pretende contar com apoio de instituições de ensino, como as universidades Federal de Goíás (UFG), Estadual de Goiás (UEG), Instituto Federal de Goiás (IFG) e Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO), para que indiquem nomes do quadro de pesquisadores e professores das áreas, para que contribuam com o Cadastro. Caso sejam indicadas mais de uma pessoa, caberá ao Conselho Estadual de Cultura definir pela escolha.

Para isso, as entidades precisam se reunir e definir um nome de cada setor cultural, que irá compor o grupo, e encaminhá-lo, a partir desta sexta-feira, 5 de junho, até às 12 horas, da próxima segunda-feira, dia 8, via email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo., ao Gerente de Planejamento e fomento à Cultura, da Secult Goiás, Sacha Witkowski, que, em conjunto com uma equipe da Secretaria, coordenarão os trabalhos.