Governo de Goiás disponibiliza R$ 40 milhões em 20 novos editais da Lei Aldir Blanc

Recursos contemplam cerca de 2,5 mil projetos de diferentes segmentos do setor cultural. Inscrições para processo seletivo começam na próxima terça-feira (27/07). Em 2020, mais de 1,5 mil propostas foram aprovadas

O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (Secult), lança 20 novos editais da Lei Aldir Blanc de Emergência Cultural, cujos recursos a serem distribuídos somam quase R$ 40 milhões. A verba irá abranger cerca de 2,5 mil projetos do segmento cultural goiano.

As inscrições ao processo seletivo estarão abertas, a partir da próxima terça-feira (27/07), e podem ser feitas até o dia 24 de agosto, pela plataforma Mapa Goiano, no site www.cultura.go.gov.br.

Entre as áreas contempladas estão projetos de artes visuais, artesanato, audiovisual, arte feminina, pontos de cultura, circo, cultura popular, cultura kalunga e quilombola, crianças e adolescentes, dança, fomento à bibliotecas comunitárias e museus, festivais, direitos humanos, hip hop, letras, teatro e música, além de propostas focadas nas tradições, no saber goiano.

O chamamento para o certame foi elaborado pela Secult após reuniões com representantes do setor e realização de consultas públicas, que buscaram atender aos mais variados segmentos da cultura goiana.

Fomento

A Lei Aldir Blanc de Emergência Cultural foi criada pelo governo federal com o objetivo de auxiliar trabalhadoras e trabalhadores da Cultura, bem como os espaços culturais brasileiros, no período de isolamento social, ocasionado pela pandemia da Covid-19.

Em Goiás, foram lançados em 2020, pela Secult, três editais da lei, que beneficiaram mais de 1.530 projetos em todo o Estado. A maioria deles já está em execução.

Confira aqui os editais

 

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.