Governo de Goiás segue com agendamento do programa de recuperação aos trabalhadores do setor cultural

Mais Crédito garante a trabalhadores da Cultura do Estado linha de crédito especial para superação de efeitos da pandemia.  Governador Ronaldo Caiado lançou projeto na sexta-feira (30/07). “Tenho orgulho em iniciar a retomada da Cultura. Com ela, resgatamos toda esta classe que sofreu duramente, a dos artistas que ficaram totalmente sem público e sem perspectiva de tê-lo”

O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), segue com o agendamento para o Mais Crédito Cultural, projeto que apresenta linha de crédito especial a artistas e fazedores de cultura no Estado. Desde sexta-feira (30/07), na Vila Cultural Cora Coralina, um posto de atendimento recebe interessados, após agendamento pelo whatsapp (62) 98237-0116.

O contribuinte deve levar o credor no horário agendado, ou ter pelo menos um norte em relação à negociação. É importante ter o contato do credor para que se tenha como conversar, caso ele não possa comparecer. O atendimento e a conciliação poderão ser realizados de forma remota se necessário.

Atendido no primeiro dia, na ocasião do lançamento do programa Retomada Cultural que inclui o projeto, o produtor cultural Cristiano Porfírio elogiou a iniciativa do governo. “O setor foi muito prejudicado, e agora temos um programa que pensa em todas as etapas, pois irei regularizar minha situação e depois quero, também, o programa de espaços culturais”, afirma.

O Projeto Evento Seguro permite a reabertura de espaços culturais, seguindo todos os protocolos de segurança sanitária contra a Covid-19, segundo orientações da Organização Mundial de Saúde. Os espaços culturais do Governo Estadual terão descontos para os artistas goianos de até 100%.

Além do Mais Crédito Cultural e do Evento Cultural Seguro, o governador anunciou o Plano Estadual de Cultura; a Contrapartida Cultural/FCO e o Juventude Cultural. “Tenho orgulho em iniciar a retomada da Cultura. Com ela, resgatamos toda esta classe que sofreu duramente, a dos artistas que ficaram totalmente sem público e sem perspectiva de tê-lo”, discursou o governador.

O titular da Secult, César Moura, destaca: "O governador pensou em todas as etapas para o setor cultural. Em limpar o nome da pessoa, depois em ajudar a diminuir o custo do retorno com o Evento Cultural Seguro, na liberação do espaço; depois com o fomento, por meio do empréstimo no Mais Crédito e já cuidando das próximas gerações com o Juventude Cultural, que vai promover e incentivar novos talentos culturais no Estado".

Por meio do Mais Crédito Cultural, artistas, produtores culturais e empresários do segmento artístico-cultural conseguirão empréstimo com 12 meses de carência e até 36 meses de prazo para a quitação, com taxa de 0,5% ao mês, para realizarem seus projetos.

No local, a equipe também ajudará os interessados a fazer contato com os credores, oferecerão consultoria do Sebrae e uma Câmara de Conciliação para renegociar os débitos que estão em abertos, podendo assim abrir o acesso ao crédito.

 

 

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.