Governo de Goiás realiza palestra sobre editais da Lei Aldir Blanc para produtores culturais de Anápolis

Evento passou orientações sobre o processo de seleção de projetos que beneficiará mais de 2.500 trabalhadores da cultura em todo o Estado. Ação itinerante já passou pelas cidades e povoados dos 300 km do Caminho de Cora, além de Piracanjuba, Morrinhos, Alexânia, Nazário, Ipameri, Pires do Rio, Pirenópolis, Aruanã, Jaraguá, Faina, Itaberaí, Goiás, Jataí, Mineiros, Chapadão do Céu e Serranópolis. “Se governa com qualidade de gestão, com transparência e eficiência. Vamos resgatar nossa cultura e nossas origens”, afirma o governador Ronaldo Caiado

O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (Secult), realizou, nesta quarta-feira (25/08), em Anápolis, uma palestra a artistas e artesãos sobre como se inscrever nos editais da Lei Aldir Blanc. O encontro reuniu cerca de 30 pessoas no auditório da Escola de Artes do município. As inscrições podem ser realizadas até 03 de setembro próximo, pela plataforma Mapa Goiano (mapagoiano.cultura.go.gov.br). “Se governa com qualidade de gestão, com transparência e eficiência. Vamos resgatar nossa cultura e nossas origens”, afirma o governador Ronaldo Caiado.

Ao todo, são 20 editais nas mais diversas expressões artísticas-culturais que beneficiarão mais de 2.500 trabalhadores da cultura em todo o Estado. Presente na palestra, a artesã Jane Putini afirma que o suporte dado pelo governo, por meio das ações pelo interior do Estado, “dá segurança para não errar na hora de enviar o projeto”. A artesã, que como contrapartida do prêmio doará colares a uma instituição filantrópica anapolina, também produz  pulseiras, brincos e chaveiros, de forma 100% manual.

Para a secretária de Integração Social, Esporte e Cultura de Anápolis, Andréa Lins, os editais vão ajudar na retomada do segmento cultural local, já que a presença do governo estadual auxilia os municípios a não perderem a verba da Lei Aldir Blanc. “Estamos retomando a área mais prejudicada pela pandemia e aos poucos voltando, com diálogo e parcerias”, reforça. Segundo ela, a Prefeitura de Anápolis também lançará um edital com recursos da Lei Aldir Blanc, de cerca de R$ 600 mil, previsto para setembro.

 

Representaram a Secult Goiás nesta ação a chefe de gabinete, Andréa Parrode, e o gerente de Audiovisual e Criatividade da Pasta, Wellington Dias. Por Anápolis, estiveram presentes representantes do Conselho Municipal de Cultura, o gerente de Cultura do município, Isac Ramos, e o deputado estadual Amilton Filho.

 

Ação itinerante e busca ativa

Desde o lançamento dos 20 editais, em 24 de julho desde ano, equipes da Secult Goiás e da Secretaria da Retomada têm percorrido cidades do interior do Estado realizando busca ativa a possíveis proponentes, além de treinamento de trabalhadores da cultura e multiplicadores, que são agentes locais capazes de dar continuidade ao apoio no processo de inscrição a outros proponentes.

A ação itinerante já passou pelas cidades e povoados dos 300 km do Caminho de Cora, além de Piracanjuba, Morrinhos, Olhos Dágua, Alexânia, Nazário, Ipameri, Pires do Rio, Pirenópolis, Aruanã, Jaraguá, Faina, Itaberaí, Goiás, Jataí, Mineiros, Chapadão do Céu e Serranópolis.

 

Material de apoio

A Secult Goiás também realizou lives com o objetivo de tirar dúvidas que abrangem todos os editais. As gravações podem ser conferidas pelo link https://www.youtube.com/playlist?list=PLZmGnKKxxxr4n-IhgSxkcD7UTRAo_usCV

Os certames podem ser acessados para leitura pelo link https://www.cultura.go.gov.br/lei-aldir-blanc-21/lei-aldir-blanc-2.html, e, para inscrições, pelo Mapa Goiano (https://mapagoiano.cultura.go.gov.br/oportunidade/188/) – neste 2º link, antes, é preciso realizar cadastro na plataforma por meio de dados pessoais e e-mail.

Os editais contemplam projetos de artes visuais, artesanato, audiovisual, arte feminina, pontos de cultura, circo, cultura popular, cultura kalunga e quilombola, crianças e adolescentes, dança, fomento à bibliotecas comunitárias e museus, festivais, direitos humanos, hip hop, letras, teatro e música, além de propostas focadas nas tradições, no saber goiano.

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.