Governo de Goiás abre inscrições para novo edital de Pontos de Cultura, com investimento de cerca de R$ 2 milhões

Iniciativa contempla 18 pontos da rede, com recursos provenientes de saldo remanescente de convênios anteriores. Interessados podem participar do pleito a partir desta quinta-feira(23/12) até o dia 7 de fevereiro de 2022

O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (Secult), abre nesta quinta-feira (23/12), as inscrições para novo edital dos Pontos de Cultura no Estado, com projetos propostos por instituições privadas sem fins lucrativos, de natureza ou finalidade cultural. A iniciativa do governador Ronaldo Caiado é mais um incentivo que visa fortalecer a política cultural em Goiás, com promoção de ações de formação, assistência e intercâmbio, bem como de participação social.

As inscrições ao pleito podem ser feitas a partir desta quinta-feira, 23, seguindo até dia 07 de fevereiro de 2022, sendo uma inscrição por proponente, e somente pelo e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. Para orientar e esclarecer dúvidas sobre o novo Edital, a Secult realizará duas lives nos dias 13 e 20 de janeiro, pelo canal do YouTube da secretaria.

Poderão habilitar-se para este certame pessoas jurídicas de direito privado sem fins lucrativos que não tenham sido fomentadas nem recebido premiação como Ponto de Cultura.

O novo edital contará com verba no valor de R$ 1.953.196,55, oriundo dos rendimentos da aplicação financeira, saldo remanescente e devolução de recursos de outras parcerias do convênio nº 430/2007, celebrado entre o antigo Ministério da Cultura, atual Ministério do Turismo (Mtur).

Em 2021, 30 Pontos de Cultura foram contemplados pela Lei Aldir Blanc (LAB). Cada projeto recebeu R$ 100 mil, o que totaliza investimentos de R$ 3 milhões. O titular da Secult, César Moura, reforça que a ação do governo visa ampliar a rede e levar o programa a mais municípios, descentralizando a cultura em Goiás. Atualmente, são 40 pontos em 36 cidades. “Queremos fomentar ainda mais a cultura e torná-la acessível a um maior número de goianos”, ressalta.

Política Nacional de Cultura Viva

Os Pontos de Cultura fazem parte da Política Nacional de Cultura Viva, da Secretaria Especial da Cultura (MTur). São instituições da sociedade civil, sem fins lucrativos, tais como associações, cooperativas e organizações sociais, que desenvolvem atividades culturais em suas comunidades.

Entre as áreas setoriais atendidas estão música, dança, teatro, circo, audiovisual, capoeira, leitura, cultura digital, culturas popular e tradicional, além de patrimônios material e imaterial, dentre outros segmentos.

Em Goiás, os Pontos de Cultura são selecionados a partir de editais públicos, realizados pela Secult Goiás, e multiplicam diversas experiências em todo o Estado. Eles são considerados referência de uma rede horizontal de articulação, recepção e disseminação de iniciativas culturais. Além disso, são também produtores e difusores de arte, cultura e cidadania.

Confira edital completo aqui.

 

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.