Centro Cultural Octo Marques prorroga exposições de Lina Cruvinel e Manuela Costa Silva

Mostras “Brilho dos Cacos” e “Senão mata, ao invés de curar” seguem em cartaz até 20 de janeiro

 

As exposições das artistas Lina Cruvinel e Manuela Costa Silva no Centro Cultural Octo Marques, unidade da Secretaria de Estado da Cultura (Secult Goiás), foram prorrogadas até 20 de janeiro. As obras das duas mostras propõem ao público reflexões sobre vida, morte e também sobre elementos singelos do cotidiano.

“Brilho dos Cacos”, primeira individual de Lina Cruvinel, contou com curadoria de Divino Sobral e aborda a poética sobre espaços domésticos. As 18 pinturas buscam capturar fragmentos do cotidiano e desafiar o espectador num jogo de alusões e referências. A exposição é resultado de uma parceria com a galeria Tachotte & Co, que tem o objetivo de fomentar artistas locais e disseminar a cultura por Goiânia. 

Já em “Senão mata, ao invés de curar”, Manuela Costa Silva tece suas próprias poéticas em torno da sexualidade, do selvagem e do obscuro para gerar um sagrado que transita entre a vida e a morte. 

A visitação é gratuita, de segunda a sexta, das 9h às 17h. 

 

Sobre as artistas

Lina Cruvinel, que vive e trabalha entre Goiânia e São Paulo, é bacharel em Artes Visuais pela Universidade Federal do Goiás (UFG), e participou de diversas exposições, entre elas: “44º SARP - Salão de Arte de Ribeirão Preto Nacional Contemporâneo”, MARP (2022); “Mirantes”, Anita Schwartz Galeria (2021); “Tubo de Ensaio”, Galeria de Artes Antônio Sibasolly (2020). Realizou a W Residência, em Ribeirão Preto (2022) e recebeu o prêmio “Arte como respiro: múltiplos editais de emergência – artes visuais”, Itaú Cultural (2020).

Manuela Costa Silva vive e trabalha em Goiânia, possui bacharelado em Artes Visuais pela Universidade Federal de Goiás. Desde 2019 é artista residente do ateliê Sertão Negro do artista visual Dalton Paula. Em 2018 participou da coletiva “Um corpo no ar pronto para fazer barulho” pelo curador Raphael Fonseca no MAC-Goiás. Em 2022, participou do 19º Salão Nacional de Arte de Jataí, Goiás, e integrou a Residência Artística Arte Natureza II sob curadoria de Agnaldo Farias no Kaaysá Art Residency. 

Serviço:

Exposições:
 “Brilho dos Cacos” -  Lina Cruvinel
“Senão mata, ao invés de curar" - Manuela Costa Silva

Visitação até 20/01/2023, segunda a sexta, das 9h às 17h.

Onde: Centro Cultural Octo Marques, Rua 4, n 515, sobreloja do edifïcio Parthenon Center, Goiânia (GO) 

Utilizamos cookies essenciais e tecnológicos semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.